O projeto dos grandes primatas: um olhar a partir da ética e da etologia

Larissa Papazoglo

Resumo


Existem diversos questionamentos sobre formas de relações entre humanos e não-humanos que envolvem exploração. A partir de alguns desses questionamentos, foi criado o Projeto dos Grandes Primatas (GAP – sigla em inglês, Great Ape Project), reivindicando a inclusão dos Grandes Primatas não-humanos na comunidade moral humana. Para isso, baseiam-se, principalmente, no conceito filosófico de pessoa, além de conhecimentos sobre etologia, genética e evolução. Para a realização deste trabalho, foi feita uma revisão bibliográfica, para evidenciar os argumentos selecionados pelo Projeto, assim como mudanças conquistadas no cenário dos Grandes Primatas não humanos. Os argumentos utilizados estão relacionados com a similaridade entre humanos e Grandes Primatas não-humanos, para justificar a igualdade moral desses dois grupos de seres. Esse tipo de abordagem cria uma nova fronteira para a comunidade moral, deixando de ser baseada apenas na espécie Homo sapiens para incluir animais não-humanos semelhantes aos humanos. Porém, existem limites criados pelo tipo de argumentação utilizada pelo Projeto, pela manutenção de características, de um grupo específico, como centrais.

PALAVRAS-CHAVE: Grandes Antropoides; Ética Animal; Consciência; Comportamento Animal.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.