Favelas Como Oportunidade: Mercado, Estado E Associativismo Em Favelas Com Upp No Rio De Janeiro

Jonathan Willian Bazoni da Motta, Amanda Nachard

Resumo


O presente artigo busca demonstrar como os grupos associativos das favelas cariocas têm se organizado em novos espaços de reivindicação (limitado), possibilitados pela Unidade de Policia Pacificadora (UPP); como o espaço da favela se torna o foco do interesse de empresários e empresas; e qual é a forma de participação que os moradores de favelas passam a ter nesse contexto. O campo desta investigação é o Fórum Nacional, associação que se apresenta como espaço de diálogo dos setores público e privado. Foram realizadas etnografias do XXVI Fórum Nacional, que ocorreu em maio de 2014 e contou com um painel chamado “Favela é Cidade”, no qual gestores públicos prestaram contas e representantes das localidades apresentaram seus projetos de desenvolvimento local, visando obter financiamento, especialmente do BNDES.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.