Imigração Boliviana No Brasil: Uma Análise Dos Aspectos Sociais E Econômicos Acerca Da Exploração Da Mão-De-Obra Boliviana No Estado De São Paulo

Gabriel Galdine Gomes, Mariana Morena Pereira

Resumo


A partir da perspectiva histórica e econômica acerca do fenômeno imigratório, o presente artigo busca refletir sobre o processo de inserção dos imigrantes bolivianos no mercado de trabalho brasileiro, enfocando a imigração indocumentada no estado de São Paulo. Assim, busca-se traçar uma análise dos aspectos que levam a situação de superexploração dessa mão-de-obra, bem como os principais fatores que dificultam a legalidade deste grupo no país. Nesse sentido, admite-se que a legislação migratória brasileira vigente possui lacunas em relação as questões trabalhistas, as quais acabam por viabilizar às grandes redes de indústrias localizadas em São Paulo a aproveitarem esta oferta de mão-de-obra boliviana, já depreciada. Mediante esta estratégia essas empresas tendem a atingir resultados positivos em seus níveis produtividade, uma vez que perpetuam as condições precárias de trabalho. A falta de vigilância por parte do governo brasileiro é fator determinante no êxito de lucro e maior produtividade das empresas em questão, as quais utilizam práticas como o dumping social para otimizar ainda mais seus ganhos no mercado doméstico e internacional.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.